• Professor João Antonio

A Merenda é o Menor dos Problemas!

Nesses últimos dias, pipocaram nas redes sociais e noticiários as informações de que a Prefeitura de Caruaru estaria falhando, há quase dois meses, na entrega dos kits de merenda escolar para os alunos da rede municipal de educação.


Ora, ora... quem diria? Governos falhando... [Nossa! Que surpresa, né?]


O que me traz aqui, porém, não é mais uma oportunidade de "malhar o Judas" por mais uma "pisada na bola", dentre tantas [não que não mereça]: o motivo é outro...


Muitos têm se levantado [com razão] para criticar a falta de entrega destes kits, que, concordo, são muito importantes para as crianças, e suas famílias, visto que muitas delas só têm alimentação "adequada" justamente na escola [e essa é uma realidade antiga, já conhecida desde quando EU frequentava as salas de aula das escolas públicas estaduais lá pela década de 1980].


Sim, a suspensão das aulas nas escolas, por conta da Covid-19 [que nos pegou a todos de surpresa] é uma realidade completamente nova! Isso, por si só, já justificaria uma momentânea demora na tomada de decisão por parte dos governantes.


LEIA: MOMENTÂNEA

[Dois meses é muito tempo, realmente! Aí já beira a incompetência mesmo: inclusive daqueles que deveriam fiscalizar a gestão municipal, né? Como deixaram ela atrasar dois meses? Conivência? Letargia? Toma-lá-um-cala-a-boca?]


Mas não posso deixar de registrar, com muita tristeza, que as mesmas vozes que gritam pela merenda [muito "oportunamente", eu diria] basicamente emudecem diante de um problema muito mais grave: a EDUCAÇÃO, em si.


Ora, o objetivo fundamental da escola é ALIMENTAR a mente. Essas crianças e jovens precisam DIGERIR conhecimento adequado e em boa quantidade: só assim CRESCERÃO como indivíduos e cidadãos capazes de andar com as próprias pernas e, um dia, BOTAR COMIDA NA MESA dos seus.


Não consigo evitar que me aflijam perguntas como:

  • Essas crianças ESTÃO ASSISTINDO às aulas nesta pandemia?

  • COMO as aulas estão sendo ministradas?

  • O método de ensino ESTÁ FUNCIONANDO?

  • Este ano vai ser contabilizado no histórico escolar?

  • Ou seria melhor "PERDER o ano"?

O foco de todas essas perguntas é um só: ELAS ESTÃO APRENDENDO?


[Essas crianças estão adquirindo conhecimento? Pois é só isso que fará suas vidas, e a de suas famílias, mudarem!]


É frustrante perceber que mesmo profissionais ligados à educação não conseguem questionar publicamente NADA além da questão da merenda.


[Longe de mim ser leviano a ponto de sugerir que poderia ser, quem sabe, oportunismo em época eleitoral para bater na administração municipal que, claramente, deu motivos de sobra neste episódio.]


Mas sejamos ainda mais didáticos: a falha da entrega da merenda tem um responsável claro! E nenhum profissional de educação [professor, pedagogo, diretor de escola] tem um pingo de pudor em criticá-lo! Com razão!


Mas quando o problema envolve A EDUCAÇÃO em si, que é o que importa, essas vozes embargam, esses ânimos se acalmam e as críticas se convertem em "veja bem..." ou "não é bem assim...". Uma pena!


Há um "novo normal" no ar... A educação está mudando. Cabe aos pais, professores e gestores de educação entenderem isso! E, o quanto antes, tomarem das devidas providências para que as crianças e jovens, os verdadeiros focos da educação, não saiam mais prejudicados do que já estão sendo.


Não peço que encerrem a discussão e os protestos a respeito da falta da merenda: mas não façam APENAS isso! Quando vocês só falam nisso, só criticam isso, só gritam contra isso, vocês diminuem a relevância de todo o sistema educacional na vida dos alunos, resumindo-o, apenas, à COMIDA!


Há muitos outros problemas na educação pública. Quase todos eles são mais relevantes que a merenda e todos precisam ser resolvidos com urgência!


Abrace esta causa como fez com a merenda: as crianças e jovens agradecem!


João Antonio é professor e leva isso muito a sério

94 visualizações

"A Educação é importante demais para ser deixada nas mãos do governo! Liberte-se!